Eu tenho sede de vida!

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Todas as minhas histórias dariam para escrever milhares de livros..histórias que, para muitos, são banais, mas pra mim não, são histórias que realmente foram e vão ser sempre significativas e importantes.

Volto a dizer, coisa banal, sem sentido (a principio) para quem ler. :) - e isso é um aviso prévio, se quiser parar por aqui?, tudo bem.

Voltando ao assunto, as minhas histórias, dariam sim para escrever-se vários e vários livros, mas para que, se são apenas lembranças? Mas é ai que pega a questão: lembrar é necessário, pois ai sim irá vai ver que teve uma vida cheia e repleta de coisas boas e outras nem tanto assim... Vai sentir saudades de muitos momentos e pessoas que passaram em sua vida e vai ver que valeu e valeu muito à pena passar por cada obstáculo que se teve na frente e a vencer cada guerra, nessa batalha que chamamos de vida!

Viver é bom, a vida é boa, mas quem se permite sonhar, se permite viver. É boa pra quem não tem medo de seguir em frente, que vive apenas o hoje, sem pensar no amanhã. É boa pra quem não pensa nos segundos, dos minutos, das horas que estão se passando. A vida é apenas uma e se não se permitir sonhar, viver, aprender, vai ser uma pessoa que tem uma vida sem sentido, que tem a vida mais monótona que se possa imaginar. 

Penso apenas que a vida é boa demais para se deixar passar, apesar de estar vivendo cada dia mais monótono que o outro, mas eu tenho sede de vida!


Ilária Oliveira. Tecnologia do Blogger.