Sintonizada na saudade

terça-feira, 3 de abril de 2012


São tantas lembranças, mas existe em mim agora uma saudade maior. E talvez eu sintonizasse minha memória na nossa primeira e equivocada despedida. Na verdade um blefe nosso, e existiu sim um amontoado de emoções. Noite inesquecível. Naquele momento eu descobrir o que era de verdade amor. Ter e dar amor. Fazer amor. Sentir amor. Foi mágico. Surreal. Estarei sempre sintonizada na sua onda.



Ilária Oliveira. Tecnologia do Blogger.