sexta-feira, 28 de agosto de 2009


Por aquelas que foram bem amadas e por todas que vivem em segredo ...
E as que vivem na vida a dor e o medo, onde o amor é a súbita certeza ...
Onde voz e silêncio se confundem. Misturando alegria com tristeza ...
E é com ela que a luz se torna intensa, como um sol que ilumina a escuridão ...
Onde o amor brilhará com mais beleza. Só por ela mais forte que paixão ...
Os sorrisos do mundo esparramando. As sementes que brilham na imensidão.
Ilária Oliveira. Tecnologia do Blogger.