Vontade

quinta-feira, 8 de abril de 2010

Sobra tanto verso tem tanto espaço
falta tanta palavra para falar o que se quer
nem tantos acordes nem tantos passos
sobra tanta falta para calar a espera que vier
a brincadeira é sempre a saudade repetida
queremos muito mais do que o outro der
nada, além disso, isso tudo é vida
espremida num canto
dividida num pranto
morta no tempo
d'um abraço
qualquer.

Ilária Oliveira. Tecnologia do Blogger.