Será?

sábado, 19 de fevereiro de 2011


É engraçado como você pode apaixonar-se por alguém em tão pouco tempo. E apaixonar-se até mesmo por aquele alguém que você considerava tão guri. Uma conversa, um tempo, uma noite, e tudo muda...E hoje você se vê perdida, não vê mais a sua frente aquilo que você acha correto, e até mesmo impossível. Como aquela tarde que você disse a sua amiga ''Eu nunca me apaixonaria por alguém como ele''. E agora? Como irá dizer a essa mesma amiga ''Eu não consigo parar de pensar nele". Se contradizer é a palavra? Ou aquele "nunca" que você disse que achou que poderia ser concreto? O problema é que você o julgou, você se precipitou, você achou que ele era somente mais um daqueles que querem corpo perfeito, cabelo perfeito, medidas perfeitas. Mas não, ele é diferente. Ele é meigo, ele sabe te fazer sorrir, ele mexe com toda sua estrutura, não é? E como revelar ao mundo que você treme quando a janela do msn dele pisca pra você?
É, você está com medo. Medo primeiramente de que tudo seja um engano, ou talvez uma aposta. Medo de que te julguem por ser mais uma apaixonada.
Droga, o que está acontecendo com você? Será que ele sente, pensa, acredita no mesmo que você? Será mesmo que vocês tem tudo isso em comum, ou ele só diz pra te impressionar e te deixar mais boba? Ele te dá tantas entradas, e você tenta fugir de todas. Como aquelas olhadas discretas que ele te dá quando você passa querendo lhe chamar a atenção... É, ele realmente te olha. Ele realmente tenta te impressionar... Mas nunca saberemos o que ele realmente está pensando, homens são imprevisíveis, assim como nós mulheres também somos. Ele pode estar realmente querendo algo com você, ou pode simplesmente só querer que você se rasteje aos pés dele, fazendo com que o ego dele suba, suba disparadamente.


Ilária Oliveira. Tecnologia do Blogger.