Avesso

domingo, 29 de maio de 2011


Sabe! O tempo me ensinou que nem sempre é possível impor nossa vontade. Que muitas vezes, é melhor aceitar as regras que o mundo move. Então, fico aqui. Vendo a vida passar e esperando acontecer. Acontecer. Talvez essa seja a palavra que mais desejo. Ansiosas por um futuro sempre confuso. Já pensei numa bola de cristal. De tanto pensar, peguei-me perguntado: qual a graça que teria se soubesse o futuro? Não existiria emoção. Estaria sempre ali com escudo a postos para qualquer possível conflito que a vida me destinasse. E de sorriso aberto para as surpresas, não mais surpresas, que de certo eu adoraria. Talvez o passado fosse mais valorizado. Viveríamos pelo avesso. Em busca do velho e fugindo do novo. Se tiver de acontecer, será.


Ilária Oliveira. Tecnologia do Blogger.