Não me magoe

segunda-feira, 4 de junho de 2012


Peço-te, favor não me magoar. Já estou cansada de ser tratada desta forma. To carente, e aprisionada de tal forma que me consome. Eu to cansada de correr atrás e de não ter respostas. Eu to cansada de combinações desfeitas. De promessas não cumpridas. Magoada estou. Metade do pulsante dentro de mim está ferido e em pedaços. Hematomas enormes. Por muito tempo tenho acreditado que o tempo será minha cura. Estou chateada, às vezes é mesmo muito difícil entender. Esse vazio, essa distância... Fico tão indecisa. Meu orgulho fala muito alto e age por se só. A única certeza que tenho é que sou louca e apaixonada por você. Então, não me magoe.

Ilária Oliveira. Tecnologia do Blogger.