A vida e os destinos

segunda-feira, 15 de outubro de 2012


Amar sempre é bom, mesmo quando não correspondido....
Quando estamos apaixonadas, queremos obviamente, sermos correspondidos, e algumas vezes, isso acontece naturalmente, outras não, precisamos batalhar, ir conquistando aos pouquinhos o outro coração...
Agora, quando não há esperanças de reciprocidade (kkkkkkkkkkkkk...Eu disse quando não há, ressalto.kkkk), devemos sim, partir pra outra, sem mágoas ou ressentimentos, pq, no coração ninguém manda, não é ?
O outro não têm culpa se não aconteceu da mesma forma e com a intensidade com que, aconteceu conosco, algumas vezes nos amam a seu modo, mas que, para nós não é suficiente...
Bobo não....jamais seremos bobos de alguém, quando o amor se faz presente em nossos corações...jamais....
Ser bobo é ter medo de amar, de entregar o seu coração, com receio de sofrer...
Se não corrermos riscos, se não metermos a cara, ir fundo, não ficaremos sabendo se, poderia ter dado certo ou não.... Talvez seja uma decisão mais racional, sábia. 
A vida merece ser vivida com intensidade. E essa certeza nos ajudará a traçar o melhor caminho para o verdadeiro e puro amor.
Que amor é esse? O amor companheiro, o amor das paixões e dos sonhos. O amor da saudade e da vontade, um do outro.
Friedrich Nietzsche disse certa vez: os grandes momentos da nossa vida chegam quando juntamos a coragem de transformar nossas fraquezas no melhor de nós mesmos.
Portanto, quando o amor não é recíproco, então é melhor transformá-lo no melhor amor do mundo, ou simplesmente, criar ânimo para as mudanças. Um novo amor.
Então é assim, bobo mesmo, é aquele que tem medo do amor, medo de amar....

...
Nem sempre.
Há aqueles encontros em que não se conhecem bem os porquês.
Há aquelas/aquelas que se "casam" mas só mais tarde isso fica explicito, como todas as consequências;
Há o espírito de renúncia levado às últimas consequências e cujo entendimento não é possível ver "de fora" da relação.
Há um bobo envolvido nisso? Pode ser. Mas pode ser apenas uma avaliação pessoal.
A vida e os destinos tem razões intrincadas e complexas.
A busca sempre é por ser feliz e ter paz interior. A vida é um caleidoscópio.
E que se dane o Mundo!!!Com Carinho sem maldade, porque desejar o mal pra si obviamente chega, passa a eternidade que passar...
Sejamos felizes sem forçar a reciprocidade, kkkkkkkkkkkkkkk...Tudo ao seu tempo com ou sem vontade o que tiver que ser será aqui ou na china, kkkk..Concorda!?


Ilária Oliveira. Tecnologia do Blogger.