Saquinho de chá

segunda-feira, 22 de outubro de 2012


Eleanor Roosevelt, uma das primeiras-damas mais emblemáticas da história dos Estados Unidos, disse certa vez: "A mulher é como um saquinho de chá. Só sabe se é forte quando está em água quente". O que ela quis dizer é que precisamos ser corajosas e equilibradas justamente quando a vida nos põe à prova. Afinal, qual é a vantagem de ser forte quando tudo está bem?

O que a vida e a frase de Eleanor têm a nos ensinar? Que somos o resultado não do que acontece conosco, mas do que fazemos com o que acontece conosco. A isso chamamos “inteligência emocional”. É a arte de permanecer no prumo mesmo quando parecemos estar à deriva. É ter a maturidade de engolir o choro e seguir adiante quando tudo parece conspirar contra nós. É saber que as derrotas fazem parte do aprendizado e não enxergar críticas como ataques pessoais.

Portanto, veja a quantas anda a sua inteligência emocional. Você faz beicinho e ameaça falar fino toda vez que navega em mar revolto? Então não custa anotar mais uma frase de Eleanor Roosevelt: “Você ganha força, coragem e confiança toda vez que olha o medo de frente”.

Então, como sugere dona Eleanor, faça aquilo que acha que não dá conta de fazer. Estará fortalecendo sua coragem e zombando do medo.


Ilária Oliveira. Tecnologia do Blogger.