Pensamentos que gritam

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Teus sinais me confundem da cabeça aos pés, mas por dentro eu te devoro. 
-Djavan 

Não sei como definir os problemas que resolvemos deixar pra trás. Vidas que se cruzam, talvez seja destino. Um momento que se congela, uma saudade que machuca o peito. São pensamentos que gritam num silêncio que diz tudo. E te reencontro, e te sorrio, e te beijo a boca mais uma vez. Olho-te nos olhos, olho novamente, sinto um carinho demorado. Observo, escuto, e fico confusa. Atos e situações contradizem algumas palavras. Minha alma pede a tua numa espera que durará mais do que deveria. Resolvi deixar o orgulho no passado e esperar o destino me guiar.

Ilária Oliveira. Tecnologia do Blogger.