Instantes objetivos

domingo, 3 de fevereiro de 2013

"É chato chegar 
A um objetivo num instante 
Eu quero viver 
Nessa metamorfose ambulante "

-Raul Seixas 

É tão complicado entender ou tentar entender outra pessoa. Nunca se sabe quando se está agradando ou desagradando. Nada de regras justas, a vida é assim, perdemos e ganhamos preciosidades. Na vida, as diferenças nos dividem, e nos separam. Muitas vezes a motivação se escoa pelo ralo. O balé de dúvidas se forma em nossa mente. As dançarinas começam a ensaiar um novo passo. De repente as escolhas estão diante de nós. Entre desistir ou continuar, uma tem que ser escolhida. Ai você se ver diante do recomeço, do posso tentar mais uma vez. Ou não! Não digo que não sei, porque sei o porquê de mudar bastante. Tenho motivos e prioridades. É como se fosse uma bomba relógio cheia de sentimentos. E numa contagem regressiva se fez a explosão. Num efeito de metamorfose as bailarinas têm dançado num ritmo maior. É tudo muito confuso, mas pra cada ação existe uma reação.

Ilária Oliveira. Tecnologia do Blogger.