Sedução

quinta-feira, 27 de maio de 2010


Você indo embora com aquele seu cabelo
Você, cabelo, boca e tudo
E o maldito tchau nas mãos
Me deixando tão traumatizada com tudo que lembra você
Seu nome em outra pessoa
As suas preferências
O nosso tema de amor
Fico vendo até você beijar
Outra boca enquanto faz arrepiar
Outra pele, dizendo as mesmas coisas
Que tanto eu ouvi
Tenho pena de quem ainda vai chorar
Seu amor e em vão acreditar
Em você que logo, logo cantará
Em outra freguesia

Sedução é fazer o que você fez
Eu em paz, você atacar de vez
Parecendo ter a chave do meu íntimo
Descobriu e até curou traumas antigos
Com seus gestos, fala, olhares (estilo) e carícias
Pro meu corpo, mente e alma deu comida
E de brinde, até um doentio ciúme,
Simulando um falso amor

Se fazendo mais carente do que eu
Outra parte desse mesmo jogo seu
Parecendo invadir os meus segredos foi perfeito
E eu me envolvi sem medo
Mas cuidado, pois na vida é bem possível
Seduzir um sedutor

[Helena Elis]

Ilária Oliveira. Tecnologia do Blogger.