Sei lá

terça-feira, 25 de maio de 2010


Tudo que é necessário não precisa ser difícil
Ganhar o seu carinho Pra que tanto sacrifício
Antes de te conhecer é verdade, eu passava muito bem
Quem fica sofre mais Se quem vai é quem não ama
Você nem me deu as costas e eu já estou vivendo o drama
Eu devia aproveitar que está no início
E jogar água na chama

Você tem o olhar carente que pede pra gente te amar
Ou sou eu que quero me justificar
Nessa coisa doida que não me deixa respirar
Sei lá, eu estou é perdendo tempo
Tentando explicar o amor já está lá dentro
E só quem vai tirar é você ou eu
Deixando você passar

Quem sabe eu tenha o beijo que faltava em sua boca
Quem sabe depois disso você tire até a roupa
Vai que todo dia você queira a mesma coisa
E eu estou feita
Vai ver que no início
Você só marcava toca
E agora que eu te amei
As suas garras estão mais soltas
Vai que o jogo vira
E antes que eu fique mais louca
Você deixa, deixa o dia amanhecer
E eu acordo com você, eh, eh
Vai ser bom demais

E aí será que você volta
Tudo à minha volta, é triste
E aí, o amor pode acontecer
De novo pra você, palpite

[Helena Elis]

Ilária Oliveira. Tecnologia do Blogger.