Perdida no tempo

domingo, 2 de outubro de 2011


Você já teve aquela sensação de que você não é bem você? Ou nunca foi?

A sensação que tenho é que o tempo parou, e me trancou dentro dele. Eu me perdi numa estrada vazia, sem permissão de olhar para os lados. Estática no meio de uma multidão de segundos, surgindo dias e morrendo noites. Nada novo acontece. E quando acontece, geralmente não é bom. E quando é, não me faz querer olhar para os lados. Não há trilhas, mapas ou ao menos alguém pra seguir. Não tenho certeza nem se existe mesmo um lugar para ir. Existe?

"Eu não sei que horas são. Se é inverno ou verão. Eu não sei. Minhas noites são em vão. Me escondendo atrás da solidão. Mas eu sei. Você vai me achar perdida ao luar." - Donabella


Ilária Oliveira. Tecnologia do Blogger.