Reflexo

quinta-feira, 1 de abril de 2010


É assim que acontece. Muitas vezes a gente se esquece da inspiração, perde a vontade de fazer as coisas e anula o que sente.
Motivos? Vários.
Sentido? Nenhum.
Fica a sensação de que todas as palavras vão recontar algo que ainda não aconteceu mas que se está cansado de saber.
É como se a vida girasse em redemoinhos de si mesma. Espiralada, equivocada e voraz. Quando tudo passar veremos o que resta para contar e o que vale escrever.

Ilária Oliveira. Tecnologia do Blogger.