Tum, Tum, Tum

terça-feira, 24 de julho de 2012


Não sei se olhava, se falava ou não falava, se ficava ou se fugia. Que sensação era aquela? Afobada, surpresa, espantada, feliz. Tum, Tum, Tum... o coração dispara, ações sem reações. É sentimento demais pra ser assim. Saudades!

Ilária Oliveira. Tecnologia do Blogger.